VII Conferência Municipal de Saúde de Nova Bassano

No município de Nova Bassano, ela aconteceu no dia 29 de junho

Postado há 2 anos na categoria Geral

As Conferências Municipais de Saúde são de extrema importância para o bom funcionamento da gestão municipal, por meio delas é possível avaliar a situação de saúde do município e propor diretrizes para a formulação da política de saúde. Prevista na Lei nº 8142/90, a conferência deve acontecer a cada quatro anos e contar com a representação dos vários segmentos sociais, seu produto expressará as necessidades de saúde da população e servirá de base para a construção do Plano Municipal de Saúde (PMS).


No município de Nova Bassano, ela aconteceu no dia 29 de junho, nas dependências da câmara de Vereadores e com a casa cheia. A VII Conferência Municipal da Saúde, teve como tema “ Repensando a Atenção Básica”. O evento, que é convocado pela Secretaria da Saúde e Conselho Municipal da Saúde contou com a participação de diversos segmentos sociais como usuários, prestadores, profissionais da saúde, vereadores, gestores e, representando a Secretaria Estadual da Saúde, a Coordenadora Regional da 5ª CRS, senhora Solange Sonda.


“A Conferência Municipal da Saúde é um espaço de grande importância e é por meio dela que o gestor pode ouvir a população de forma ampla e organizada” - ressalta o Senhor Prefeito Ivaldo Dalla Costa - “e é isso que queremos, estamos abertos para ouvir nossa comunidade, sabemos que precisamos avançar, o nosso objetivo é garantir qualidade de vida à população”. A Secretária Municipal da Saúde e Assistência Social, Aline Luvison, reconhece os desafios e as dificuldades, porém muitos avanços ocorreram no município, “nosso propósito é trabalhar de forma diferenciada com população idosa, que hoje representa mais de 15% da população do município, queremos humanizar e qualificar esse cuidado, assim como pensar e planejar a saúde para os próximos anos com responsabilidade”.


Inicialmente, foram apresentados indicadores de saúde do município pela Enfermeira Jaqueline Wolkmer. Logo em seguida, a Enfermeira Deisy Fiorentin, coordenadora da Atenção Básica, apresentou a organização atual das áreas de abrangência das Unidades de Saúde da Família. Posteriormente, os trabalhos foram abertos para discussão e definição das novas estratégias para os próximos anos para a construção ideal das políticas públicas de saúde.

Comentários