Agora Ao vivo

Festival Internacional de Folclore de Nova Prata reúne arte, gastronomia, artesanato e literatura

Praça da Bandeira e antiga sede do Grêmio Pratense recebem três feiras até o domingo, 23 de setembro

Postado há 3 meses na categoria Notícias

Nos cinco dias de realização do Festival Internacional de Folclore de Nova Prata – 14ª edição, Nova Prata recebe milhares de visitantes que se encantam com a cidade e com as atrações. Neste ano, além das já tradicionais Feiras de Artesanato e do Livro, o público tem um motivo a mais para participar do evento. A Praça da Bandeira recebe a inédita Feira Gastronômica.

Para os expositores, a expectativa é das melhores. Pela primeira vez em Nova Prata, a artesã Karina Kayser, moradora de Marquês de Souza, está encantada com a receptividade do povo. “Queremos um lugar cativo na Feira de Nova Prata, pois gostamos muito da cidade. Estou bem entusiasmada com as vendas”.

Para a relações públicas Nathaly Weber, expositora da Feira do Livro, o Festival sempre tem bom movimento e atrai pessoas de diferentes lugares. “Somos de Cachoeira do Sul e sempre participamos de eventos como o Festival, para trazer o livro para próximo das pessoas. Esse é o principal objetivo, oferecer livros de qualidade com preços acessíveis”. Já Clarice Scherer, de Chapecó, participa da Feira Gastronômica com um food truck de hambúrguer e já começa perceber o sucesso do evento. “Essa é a nossa segunda vez em Nova Prata e tivemos uma experiência ótima na primeira vez, então estamos confiantes que a Feira irá movimentar muito a cidade e as vendas”.

As feiras abrem às 11h e encerram às 22h. A Feira Gastronômica permanece aberta até o final das apresentações, no Ginásio Alcides Tarasconi.

No palco

A segunda noite de espetáculos teve a participação de nove grupos: Uruguai, República Tcheca, Bailadinho, Equador, Polônia, Abadá, Alemanha, Grupo Cala e Colômbia. E nada passou despercebido para o Seu Victor Inácio Kosowski. Com 84 anos, ele viajou sozinho de Bento Gonçalves até Nova Prata para acompanhar a exibição do grupo Krakus, da Polônia. Descendente de poloneses, Seu Victor estava encantado com os integrantes do grupo e não desviou o olhar nem um momento do palco. “Todos estão lindos, se eu fosse juiz, não saberia qual escolher. A Polônia trouxe um pout pourri com diferentes danças da região da Krakóvia, com canções e danças muito bonitas”, explicou. O grupo Krakus, o mais antigo da Polônia, mostrou a vivacidade e colorido do folclore do país, com dança e cantos.

O Uruguai apresentou várias coreografias, com destaque para a milonga, que animou o público, pela semelhança com a cultura gaúcha. A República Tcheca levou ao palco duas danças típicas da região criadora de ovelhas do Leste Europeu do país. A alegria de Pernambuco invadiu o Festival com o Bailadinho, que fez uma homenagem as danças do estado nordestino, com o xote, a ciranda e o frevo, animando o público.

O Samay Runa, escola andina de dança e poesia do Equador, fez um protesto aos problemas sociais que o povo equatoriano sofreu e exclamou os quatro SUYUS, um grito de indignação e esperança para um Tahuantinsuyo em harmonia. O Brasil também esteve representado pelo Abadá, que apresentou a capoeira, e o Grupo Cala, que ressaltou a dança gaúcha. Por meio da música, a Alemanha trouxe sons tradicionais e releituras de canções contemporâneas; e a Colômbia, encantou com três danças: fandango, cumbia e puya.

As apresentações seguem nesta sexta-feira às 19h30min. O horário de início permanece o mesmo no sábado; e às 18h30min, no domingo, no Ginásio Alcides Tarasconi, bairro Santa Cruz. O Festival Internacional de Folclore de Nova Prata – 14ª edição, que ocorre até 23 de setembro, é uma realização do Bailado Gaúcho – Folclore, Arte e Danças, com apoio da Febrarp, Fidaf, I.O.V., Mundo em Dança, Ministério da Cultura – Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet); patrocínio da Paludo – sua moda, seu estilo; AdylNet – conectando você ao mundo; Vipal Borrachas; Pratavera Transportes; Auto Pratense – distribuidora de autopeças; Casa Trevo Bavaresco; Supermercados Porta; Ficagna Imóveis; Sicredi; Corsan; Uniasselvi; Una idiomas;  Gráfica Monarca; Miltons; Origami Gráfica Expressa; Voope; Sartori Construções; Poletto Contabilidade; Caldas do Prata; Clip; Bos Serviços de Limpeza; JC Metalúrgica; Cendron Esquadrias; Guedes Extintores; Unimed; CDL Nova Prata; Município de Nova Prata e Câmara de Vereadores. O Financiamento é do Sistema Pró-Cultura RS LIC, Lei nº 13.490/2010, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

 
Ingressos

Sexta-feira e domingo

R$ 12 arquibancada

R$ 15 cadeira

 

Sábado

R$ 15 arquibancada

R$ 18 cadeira

 

Compras

Cadeiras: Centro de Informações Turísticas

Arquibancada: Centro de Informações Turísticas, Na AdylNet Nova Prata e Lojas Paludo de Nova Prata, Veranópolis e Nova Bassano

 

Programação

Sábado

9h – Projeto “Uma experiência para divulgar”

Local: Parque Caldas de Prata

 

11h - Feira de Artesanato

Local: Antiga sede do Grêmio Pratense

 

11h – Feiras do Livro e Gastronômica

Local: Praça da Bandeira

 

14h – Dança na Cidade

Local: Praça das Bandeiras

 

19h30min – Noite de Gala do Festival Internacional de Folclore

Local: Ginásio Alcides Tarasconi

Comentários