Caixa dá detalhes sobre regras para saque do FGTS e cotas do PIS

Saques começarão a ser liberados a partir de 13 de setembro

Postado há 13 dias na categoria Notícias

A Caixa Econômica divulgou nesta segunda-feira (5) um calendário para explicar como será a mecânica para os saques das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e das cotas do PIS.

As pessoas que possuem uma conta na Caixa e que nasceram entre os meses de janeiro a abril serão os primeiros a poder fazer o saque. Elas poderão retirar a quantia a partir do dia 13 de setembro. Os que nasceram nos meses de maio, junho, julho e agosto vão poder retirar o dinheiro a partir do dia 27 de setembro.

Aos nascidos em setembro, outubro, Novembro e dezembro o saque estará liberado a partir de 9 de outubro.

Quem não possui uma conta na Caixa só poderá fazer a retirada da quantia a partir do dia 18 de outubro. Os saques poderão ser feitos até março do ano que vem.

O valor máximo que poderá ser retirado é R$ 500 por conta. De acordo com estimativas do Ministério da Economia, 96 milhões de trabalhadores deve sacar a quantia. O retorno esperado para a economia é de R$ 30 bilhões.

A Medida Provisória que determinou a retirada do dinheiro do Fundo estabelece ainda a possibilidade da modalidade do saque aniversário. Essa categoria permite que o trabalhador retire um percentual anualmente do saldo do FGTS. A medida tem como meta disponibilizar R$ 12 bilhões.

No caso dos cotistas do Fundo PIS/Pasep, a estimativa é de que sejam liberados R$ 2 bilhões para o saque.

Reportagem: Raphael Costa 

Comentários